AUDITORIA TÉCNICA DAS ESTRUTURAS GEOTÉCNICAS E HIDRÁULICAS DE RODOVIAS E FERROVIAS

 

A Pimenta de  Ávila  realiza, desde 2005, serviços  para  levantamento cadastral, identificação, avaliação e classificação dos  riscos  através da realização de auditoria técnica das estruturas geotécnicas  e hidráulicas de  ferrovias, sendo já prestados  serviços  para a  Estrada de  Ferro Carajás (EFC), Ferrovia Norte Sul e Estrada de Ferro Vitória Minas (EFVM).

O cadastramento das   estruturas  geotécnicas é realizado com foco  na  avaliação das  características da estrutura, principalmente nos  processos e/ou  elementos instabilizantes, com o objetivo de determinar as condições  da  estrutura  quanto a sua estabilidade ou instabilidade. No  cadastramento hidráulico é feita a avaliação dos dispositivos de drenagens  (canaletas, caixas,  escadas, etc.), abrangendo  situações  que  possam  comprometer  o  desempenho  da    estrutura   como,   por   exemplo,   presença   de   trincas, assoreamento, deficiência/ausência, entre outros.

Em linhas gerais, o objetivo  desses  serviços  é de avaliar as condições de estabilidade da infraestrutura,  o  sistema  de  drenagem   superficial  e   profunda,  os   processos  de   instabilidades   geológico-geotécnicos   e   estabelecer  um  nível  de  risco, para cada segmento de uma ferrovia. Assim sendo, os  resultados do trabalho auxiliam a operação e manutenção das  ferrovias  na  tomada de  decisão quanto à hierarquização/priorização  de  obras e  ao  controle  dos  processos  de instabilidades  geológico-geotécnicas com potencial de induzir a eventos que possam resultar em danos a pessoas, ao meio ambiente e a paralisação da via.